terça-feira, 16 de abril de 2013

Queda de cabelo pós-parto ou estou fazendo uma peruca

Olá meninas, tudo bem?! Aqui todo mundo ficando careca, mas tudo bem !!! Sério mesmo, tem tanto cabelo caindo por aqui que dá pra fazer uma peruca !!! Não venço de tanto varrer a casa e onde olho tem cabelo !! Ai que horror !!
O primeiro é meu maridinho, que devido sua genética (nada favorável), vem ao longo dos anos, como quem não quer nada, perdendo seus lindos cabelos (que dó!).  A segunda é minha bebê fofucha que está trocando todos os seus cabelinhos, tem parte da cabeça com mais cabelinhos, outras menos, uma beleza, rs, super normal nos bebezinhos e com certeza até o final do ano, a bonitinha já terá cachinhos para eu encher de laços (#não vejo a hora).
Bom e por fim e mais aterrorizante é a minha queda de cabelo, nega, como que cai, mas cai e cai muito. Durante a gestação quase não caiu e eu achei (ilusão queridinha) que não passaria por isso no pós-parto.
Hoje, minha bebê está com 4 meses, eu estou amamentando e ficando careca! Conversei com a pediatra da minha bebê e pasmem: ela disse que pode piorar quando parar de amamentar, aff, e agora Zé Maria?!

Além da minha queda de cabelo, estou com uma raiz mega oleosa e o comprimento do cabelo suuuper ressecado, quer mais?! Também tenho coceiras, rs, que situação!! Passei na dermatologista e ela indicou um xampu para a oleosidade da raiz e um super creme hidratante com óleo de argan para o comprimento. As vezes sinto melhora, mas se fico um dia sem lavar as madeixas, eles já ficam péssimo, amo meus cabelos longos e ondulados, mas as vezes tenho a vontade insana de passar a tesoura, sei que muitas mães fazem isso pela praticidade, mas ainda tenho dó, enfim, vamos esperar passar essa fase !!
Pesquisando sobre o assunto descobri que durante a gravidez, as mudanças hormonais fazem com que a queda de cabelo (que é natural e que todo mundo tem), diminua. O cabelo, em geral, fica mais forte e grosso. Os folículos capilares entram na chamada "fase de repouso".

Em compensação quando o bebê nasce, os hormônios voltam ao normal e mais ou menos cerca de três meses depois do parto todo o cabelo que não caiu durante a gestação começa a cair. E é aí que a gente percebe e se assusta, achando que vai ficar careca. Afinal são nove meses de cabelo que não caíram querendo cair todos ao mesmo tempo.

Além disso, especialistas afirmam que outros fatores, como estresse, cirurgias e mudanças rápidas do peso corporal também podem provocar queda de cabelo,  e vamos combinar que assim que nosso bebê nasce nós passamos por tudo isso ao mesmo tempo, certo?!

A queda de cabelo normal de uma mulher adulta é de 100 a 125 fios por dia. Nos meses do pós-parto, podemos perder até 500 fios por dia, o que é muito, porém, de acordo com os especialistas,  não o suficiente para deixar-nos careca (eu espero!).
 É apavorante ver todo aquele cabelo no ralo, no chão, na escova, nas roupas pela casa. Mas o melhor é não entrar em pânico, dizem que a situação tende a melhorar, mesmo que demore um pouco.
O cabelo parece cair mais quando estamos lavando a cabeça ou secando com secador, por isso talvez valha a pena diminuir a frequência da lavagem (sem condições !!!) e deixar o cabelo secar naturalmente para ver se a queda se ameniza um pouco (pelo menos a nossa aflição).

Por outro lado, a queda constante de cabelo em situações públicas e de trabalho pode ser um problema (constrangedor por sinal!), e para melhorar situações como essa, o melhor é lavar o cabelo e escovar bem em casa. Assim quase todo o cabelo que tem de cair cai numa situação controlada (na sua casa bem!), e não a toda hora e em qualquer lugar.


Nada disso é solução, mas são estratégias para tentar amenizar o incômodo e a sensação ruim que a queda de cabelo deixa.
Pode ser que uns cabelinhos novos nasçam no couro cabeludo, bem perto da testa, e ficando espetados, quando a queda de cabelo melhorar. Às vezes usar franja ou usar um comprimento mais curto nessa fase ajuda a disfarçar a falta de volume.
A expectativa é que mais ou menos seis meses depois do parto nossos lindos cabelos voltem ao "normal". Isto é, pode ser que ele mude, pois esta é mais uma das surpresas da maternidade: um cabelo que era liso pode ganhar ondas, o ondulado pode ficar mais liso, o seco pode ficar oleoso e vice-versa (o meu poderia ficar na cabeça - já me bastaria, rs). Imagina-se que essa diferença se deva às grandes mudanças hormonais por que o corpo passa.

Mas amiga, se o seu cabelo continuar caindo bastante cerca de seis meses depois do parto, o ideal é procurar seu ginecologista ou dermatologista (ou um curandeiro !). A queda de cabelo pode ser sinal de anemia ou de problemas na tiróide.
Outro ponto que vale ressaltar é que a queda normal de cabelo no pós-parto é homogênea, ou seja, não se abrem "buracos" ou "claros" só em um ponto do couro cabeludo. Se começarem a aparecer falhas, procure o médico mesmo antes dos seis meses, porque o motivo pode ser outro.

De resto amigas, vamos ter paciência, pois todo esse cabelo perdido não se compara à grande alegria da maternidade, e desses bebezucos lindos em nossos braços, certo?!
E vocês, estão passando por isso?! Têm alguma dica?! Tô fazendo qualquer negócio !!!
Um grande beijo,
Kátia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário